O câncer bucal é uma modalidade de câncer não muito discutida entre a população. Apesar disso, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que possam surgir muitos novos casos da doença, sendo um pouco mais em homens do que em mulheres.

Entenda tudo sobre Câncer Bucal
Fonte: Envato

O que pode causar o câncer bucal?

A causa mais comum para o desenvolvimento do câncer bucal e diversos outros cânceres é o tabagismo. Essa ideia foi reforçada após estudo da Fundação do câncer de boca do Reino Unido, que constatou que 90% das pessoas diagnosticadas com a doença eram usuários de cigarros.

O fumo constante está entre as principais causas, porque os cigarros são formados por substâncias como nicotina e alcatrão, que são compostos por mais de 50 substâncias cancerígenas, como por exemplo: arsênio, níquel, benzopireno, cádmio e chumbo.

A ingestão constante de álcool também é um dos fatores primordiais para o desenvolvimento de câncer bucal. Somado a esse fator, podemos adicionar péssimos hábitos alimentares, infecção do vírus HPV e contato externo com substâncias cancerígenas como causas da doença.

Relação entre tabagismo e saúde bucal
Fonte: Pexels

Quais são os sintomas e como prevenir?

O câncer bucal pode acometer as regiões dos lábios, garganta, língua, faringe, laringe, glândulas salivares e seios da face. É comum o paciente sentir incômodos e detectar aparecimento de ferimentos, nódulos ou manchas na região  da boca.

Placas vermelhas e/ou esbranquiçadas na língua, gengivas ou no céu da boca também estão na lista dos sintomas. Nódulos no pescoço e voz rouca por um longo período de tempo ainda estão entre as consequências do câncer bucal.

As melhores formas de prevenção do câncer bucal é manter uma boa higiene, não fazer uso de tabaco, evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e se alimentar bem (frutas,verduras e legumes).

Tabagismo e Saúde Bucal
Fonte: Pexels

Detecção, diagnóstico e tratamento:

É importante que os pacientes estejam atentos quanto a não cicatrização de feridas e manchas na região bucal em até duas semanas. Caso essa seja a sua situação, procure imediatamente um dentista especialista para que o mesmo possa dar um diagnóstico preciso do seu quadro de saúde.

As consultas são essenciais para que dúvidas possam ser tiradas a respeito de saúde bucal e para ajudar o dentista a relatar qualquer outro sintoma não aparente. É essencial que as pessoas que fazem uso de cigarro e bebidas alcoólicas, mais propensas ao câncer bucal, mantenham ainda mais cuidado nas visitas periódicas ao dentista.

Manter consultas frequentes ao seu dentista é primordial para que possa ser feito um diagnóstico precoce a respeito da doença. Evitar que se descubra a respeito dela em estágio avançado, permite a elaboração de uma forma de tratamento que colha melhores resultados, tendo em vista que o câncer diagnosticado em fases mais avançadas é mais difícil de tratar.

Malefícios do Cigarro
Fonte: Pexels

Habitualmente, o tratamento do câncer bucal é feito por meio de cirurgia para a retirada do tumor. Os médicos prescrevem tratamento de quimioterapia apenas em casos onde a cirurgia não pode ser realizada ou como complementação após um procedimento cirúrgico.

Mantenha sua saúde bucal em dia com a PrimaVida

Com a PrimaVida, você tem contato com profissionais competentes na área odontológica, que lhe oferecerão um atendimento personalizado em diversas áreas de atuação.

Invista na sua saúde bucal e faça seu plano dentário conosco. Também contamos com planos odontológicos para servidores públicos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp