Muitas pessoas têm dúvidas sobre o que é tártaro. Assim como a cárie, o tártaro está entre os problemas bucais mais comuns entre toda a população mundial.

Mesmo assim, poucas pessoas sabem, de fato, o que causa este problema e como tratar de maneira correta. A maioria das pessoas, ainda, menosprezam a importância de manter um tratamento efetivo contra o tártaro. E você, sabe o que é tártaro?

Veja mais sobre Tártaros
Fonte: Envato

O que é tártaro?

Podemos conceituar e descrever o tártaro como o endurecimento das placas bacterianas acumuladas na superfície dos dentes. Este endurecimento normalmente gera camadas duras em tons amarelados ,brancos ou até mesmo pardos.

O aparecimento das placas bacterianas ocorre como resultado da falta ou má higiene bucal.

Além dessas placas prejudicarem esteticamente a aparência dos dentes, podem provocar cáries, além do mau hálito. O tártaro ainda pode interferir na saúde dos dentes e gengivas.

O que são Tártaros?
Fonte: Envato

O tártaro, por ser poroso, pode servir como nichos para bactérias, além de absorver manchas com mais facilidade. Assim, para aquelas pessoas que fumam ou tomam chá ou café, é ainda mais importante que evitem a formação do tártaro.

O tártaro também pode ser identificado de acordo com duas classes diferentes, sendo elas subgengival e supra gengival. O primeiro deles não pode ser visto a olho nu por se localizar no dente abaixo da gengiva, o que dificulta a sua remoção.

Por outro lado, o tártaro supra gengival é fácil de ser perceptível e, por estar em uma área mais “acessível”, o procedimento para a sua remoção é mais simples.

Como tratar e evitar?

A não remoção do tártaro pode resultar em problemas mais sérios na sua boca, como por exemplo: gengivite, periodontite, cáries, sensibilidade e perda dos dentes.

A remoção do tártaro deverá ser realizada por intermédio de um dentista. Isso pelo fato de que as placas já se encontram endurecidas, o que impede que os mesmos sejam eliminados com procedimentos caseiros.

Tratamento do Tártaro
Fonte: Envato

A partir do momento em que você procura o seu dentista, os mesmos fazem uso de instrumentos específicos para a extração das placas/tártaros dos seus dentes. Com isso, evita-se a proliferação de doenças mais graves.

Uma das principais maneiras de evitar a formação de tártaros é manter uma escovação correta e rotineira de pelo menos 3 vezes por dia após as refeições. A escovação correta ajuda, especialmente se feita com um creme dental com flúor.

Usar fio dental também pode reduzir a formação dessas placas bacterianas entre os dentes.

Manter uma boa dieta alimentar também é essencial. É importante que se evite alimentos ricos em açúcar, alimentos industrializados e não muito naturais. Comer um doce às vezes não é problema, desde que se mantenha uma boa higiene bucal.

Como identificar Tártaro?
Fonte: Envato

Durante a retirada do tártaro, o dentista pode escolher um método que faz uso do ultrassom, caso ele julgue necessário, para extrair tártaros supra gengivais mais rapidamente.

Após este processo, é feito o uso de instrumentos específicos para raspagem das partes que sobraram, caso seja necessário, com o objetivo de limpar totalmente os dentes.

Por mais que a limpeza do tártaro ajude a deixar o dente esteticamente mais bonito, limpo e branco, este não se trata apenas de um procedimento estético, mas também ajuda a manter a saúde bucal, livrando os dentes de bactérias presentes nas placas.

Este procedimento pode ser feito em consultórios dentários com todo o aparato necessário. Agora que você sabe o que é tártaro, para lhe ajudar a ter acesso a este e muitos outros tratamentos, conte com a empresa de planos odontológicos PrimaVida.

Nosso time é formado por profissionais especializados em odontologia para te dar todo o suporte necessário para você e sua empresa. Também contamos com planos para servidores públicos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Open chat