Não é novidade para ninguém que a prática do fumo causa malefícios à saúde. Mas quais seriam esses danos? Neste artigo, te explicamos tudo sobre a relação entre o tabagismo e a sua saúde bucal.

Relação entre o tabagismo e saúde bucal

Os motivos que podem levar uma pessoa a fumar são vários, porém, as substâncias nocivas que o cigarro contém são milhares. O cigarro tem muitos agentes cancerígenos, a fumaça junto a seus demais componentes contêm mais de 4.000 substâncias nocivas que podem causar problemas não só no organismo, como também na saúde oral.

Malefícios do Cigarro
Fonte: Pexels

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a incidência estimada de câncer na cavidade oral, em 2020, no Brasil, é de 11.200 novos casos em homens, conforme a localização primária do tumor. Em mulheres, a previsão é de 4.010 novos casos neste ano.

Estudos do INCA detalham, também, que 428 pessoas morrem por dia no Brasil, por causa da dependência de nicotina. Estima-se, que R$ 56,9 bilhões são investidos a cada ano devido a despesas médicas e redução de produtividade, e 156.216 mortes anuais – principalmente, o câncer – poderiam ser evitadas.

Relação entre tabagismo e saúde bucal
Fonte: Pexels

Comparando um fumante e uma pessoa que não fuma, as chances de o fumante ter câncer de boca é 7 vezes maior. Existem algumas partes da boca que podem desenvolver tipos específicos de câncer: língua, mucosa e lábios.

Mas, o prejuízo pode ser ainda maior, se estender por outras partes, como faringe, laringe e esôfago.

As manchas amareladas também fazem parte da extensa lista de malefícios causados pelo fumo, isso porque a nicotina se acumula na superfície do dente e também nas mucosas, causando o amarelamento.

Tabagismo e Saúde Bucal
Fonte: Pexels

A nicotina também estimula a produção de melanina, causando manchas acastanhadas, principalmente nas gengivas.

Existem mais de um bilhão de fumantes no mundo e 80% deles vive em 24 países, sendo dois terços em países de baixa e média renda onde a carga das doenças e mortes tabaco relacionadas é mais pesada.

Estima-se que os fumantes atuais consumam cerca de seis trilhões de cigarros todos os anos (OMS, 2010).

Se a pessoa parar de fumar, os riscos podem diminuir, mas somente após 10 anos que as estatísticas podem se igualar ao número relacionado com quem nunca fumou.

A halitose também é um problema recorrente em fumantes. Também conhecido com mau hálito, este problema é gerado pelos odores da fumaça gerada pelo cigarro.

Tabagismo é totalmente prejudicial para a sua saúde
Fonte: Pexels

As substâncias presentes em cigarros, charutos ou cachimbo também causam a diminuição do fluxo salivar, que também acarreta um hálito desagradável.

As gengivas também são atacadas pelo tabagismo constante. Esta prática pode levar ao aparecimento da doença periodontal, que consiste em uma infecção da gengiva e dos tecidos de suporte dos dentes.

Este problema é relacionado a bactérias prejudiciais e pelo tabagismo. Isso porque o fumo deixa o sistema imunológico fragilizado, fazendo com que o corpo não consiga combater essas bactérias como deveria.

O que são Tártaros?
Fonte: Envato

O tabaco, pela própria temperatura e componentes químicos, forma na língua uma camada de resíduos que diminui a sensibilidade das papilas gustativas. Uma das boas consequências de parar de fumar é a de recuperar as sensações do sabor e olfato.

A melhor forma de impedir que doenças como essas ataquem o seu organismo é parar com práticas desagradáveis ao corpo humano.

Passar por uma reeducação alimentar e por acompanhamentos psicológicos para parar de fumar. Além disso, manter consultas regulares com dentistas é a solução mais assertiva.

Conte com os planos da PrimaVida

Para manter sua saúde bucal em dia, conte com uma empresa de planos odontológicos como a PrimaVida.

Nosso time é formado por profissionais especializados em odontologia. Faça seu plano dentário conosco. Também contamos com planos odontológicos para servidores públicos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp