Categorias
Problemas na Boca Higienização Bucal Saúde Bucal

4 dicas de como evitar uma doença periodontal

Você sabe como evitar uma doença periodontal? Uma doença periodontal pode ser altamente prejudicial para a saúde da sua boca e dos seus dentes. Mas o que causa esse tipo de problema? Saber disso pode ser essencial para a manutenção diária da saúde bucal.

Por isso, neste artigo, vamos explicar como evitar uma doença periodontal com dicas simples. Continue com a leitura para saber mais sobre o assunto!

Como evitar uma doença periodontal
Fonte: Envato

4 dicas de como evitar uma doença periodontal

Em primeiro lugar, é preciso explicar o que é uma doença periodontal. Esse tipo de doença afeta os tecidos que oferecem proteção e suporte para os dentes. Esses tecidos (a gengiva, o osso alveolar e o ligamento periodontal) formam a região da boca conhecida como o periodonto.

Trata-se, portanto, de uma parte da boca fundamental para a saúde do organismo. Mas, justamente por sua importância, ela também pode ser extremamente vulnerável a doenças que podem gerar consequências graves.

É aí que entra a doença periodontal, causada pelo acúmulo excessivo de placa bacteriana. A placa bacteriana é uma camada de bactérias, também conhecida como placa dental, que se acumula sobre a superfície dos dentes e da língua.

Cuidados para evitar a cárie
Fonte: Envato

O acúmulo de placa bacteriana é uma das principais causas de cáries e da doença periodontal.

Felizmente, existem muitas formas de evitar essa situação. A seguir, então, vamos apresentar algumas das principais formas de como evitar uma doença periodontal. Confira!

Incorpore o fio dental na sua rotina de cuidados com os dentes

Muitas pessoas ainda cometem o erro de achar que, para limpar os dentes, basta escová-los.

Na verdade, a escova de dentes não consegue alcançar todos os cantos da boca. Assim, se você só escova, muitos vestígios de comida permanecem, principalmente nos espaços entre os dentes.

Portanto, a importância do fio dental no processo de higienização não pode ser ignorada.

Higienização bucal com fio dental
Fonte: Freepik

Com essa ferramenta, você pode alcançar os espaços que a escova não toca, eliminando qualquer vestígio indesejável de alimentos nos dentes.

Isso dificulta o acúmulo da placa bacteriana, diminuindo os riscos de doença periodontal.

Higienize os dentes pelo menos três vezes ao dia

Você deve realizar a limpeza dos dentes sempre após cada refeição. A primeira etapa é o uso do fio dental e em seguida a escovação, que deve limpar a superfície dos dentes com gestos cuidadosos.

Esse ponto é importante: evite realizar a escovação com movimentos bruscos ou brutos, que podem gerar traumas, retrações ou até mesmo sangramento nas gengivas.

Troque a escova de dentes a cada três meses

A escova de dentes não dura para sempre. Com o tempo, devido ao uso diário, as cerdas da escova se tornam desgastadas. Isso as faz perder a eficiência para a limpeza. Além disso, a escova velha pode acumular bactérias, tornando o uso da escova prejudicial para a saúde oral.

Sendo assim, fique atento para o estado da sua escova de dentes para poder substituí-la quando chegar a hora. O ideal é trocar a escova a cada três meses.

Quando trocar a escova de dentes?
Fonte: Envato

Vá ao dentista regularmente

A doença periodontal começa com sintomas leves. Nesse estado, é muito fácil de tratá-la.

Por conta disso, é crucial visitar o dentista com regularidade. Adicionalmente, se você quer saber como evitar uma doença periodontal, é uma boa ideia perguntar a opinião de um profissional especializado para descobrir a melhor rotina de cuidados bucais para você.

Dicas para manter os dentes brancos
Fonte: Pexels

Fazer isso é muito mais fácil com a ajuda de uma empresa de plano odontológico. E, para conseguir um, o melhor é contar com uma empresa especializada confiável.

A PrimaVida Dental é um ótimo exemplo, oferecendo tudo que você precisa para cuidar melhor da saúde da sua boca. Também contamos com planos especiais para servidores públicos e para empresas.

Quer saber mais? Então visite o site da empresa para obter mais informações!

Categorias
Saúde Bucal Higienização Bucal

Reflexos da saúde bucal na saúde geral

Você sabe quais são os reflexos da saúde bucal na saúde geral? Ter uma boa saúde oral é primordial para a harmonização da saúde geral do nosso corpo para que possamos viver com bem-estar.

Problemas de saúde gerados pela falta de cuidados com a cavidade bucal, podem ocasionar doenças na boca, em órgãos do sistema digestivo e até mesmo no coração, bem como infecções focais. Por isso, é fundamental cuidarmos da nossa saúde bucal.

Reflexos da saúde bucal na saúde geral
Fonte: Envato

Reflexos da saúde bucal na saúde geral

Saúde bucal: Claramente, o primeiro reflexo sentido pela falta de higiene bucal é na região da boca e face. Não se ater a uma rotina de higienização bucal pode fazer com que sejam desenvolvidos problemas de saúde como: gengivites, periodontites, cáries e infecções generalizadas, entre diversas outras doenças.

Essas enfermidades podem afetar a estrutura óssea, o que pode gerar a perda de dentes. Resumindo, o primeiro grande impacto da falta da higiene bucal é na própria região da boca com o aparecimento de doenças e problemas estéticos.

Materiais para higienizar o aparelho ortodôntico
Fonte: Envato

Impacto nos órgãos do sistema digestivo

A perda dos dentes é uma das principais consequências da falta de higiene bucal que atacam o sistema digestório.

Isso se deve pelo fato de que a boca também faz parte desse sistema com a ingestão de alimentos e trituração dos mesmos, que facilita o transporte e digestão da comida.

A perda dos dentes impacta o sistema digestivo, justamente no que tange ao processo de mastigação, essencial para uma boa digestão. Ingerir pedaços grandes de comida não mastigada obriga o estômago a realizar mais esforço para triturá-los.

Como perder o medo do dentista
Fonte: Pexels

Esse esforço pode acarretar em azia, má digestão e sonolência. Dessa forma, quanto mais você mastigar os alimentos, mais fácil será a digestão e absorção.

Problemas psicológicos também estão na lista

Outro ponto que também está refém do reflexo da falta de higienização bucal é a parte psicológica do indivíduo.

Neste aspecto, o ponto de maior relevância é a questão física agravada pelo desleixo da saúde bucal, o que pode ocasionar a perda de dentes ,gerando problemas funcionais e estéticos.

Roer as unhas é um péssimo hábito para a saúde bucal
Fonte: Pexels

Dessa forma, os danos visuais acabam trazendo um sentimento de desconforto com a própria aparência, abrindo espaço para o aparecimento de traumas psicológicos como falta de autoconfiança, problema de auto aceitação e baixa da autoestima.

Sua saúde geral também é afetada

O aparecimento de infecções e o alastramento de bactérias e germes não geram problemas apenas relacionados à sua boca ou face.

Além da perda de dentes, inflamações e sangramentos, a falta de higiene bucal pode ocasionar muitos problemas sérios de saúde geral.

Parece improvável, mas as ligações sanguíneas são os principais caminhos que levam ao aparecimento dessas doenças.

Consultas com um plano odontológicos
Fonte: Envato

Como um exemplo claro, podemos destacar a infecção descontrolada nas gengivas que pode fazer com que bactérias se espalhem pela corrente sanguínea, podendo levar à endocardite bacteriana e até mesmo enfarto do miocárdio.

Como forma de conclusão, podemos notar que existe uma ligação completa entre a boca e os diversos órgãos do nosso corpo. Ela é a porta de entrada para alimentos e bebidas, mas se não for bem cuidada pode ser a causa para infecções. Com isso, chega-se a conclusão que a saúde começa pela boca.

Venha fazer parte da PrimaVida

Não perca a oportunidade de manter sua saúde bucal em dia, tenha um plano odontológico da PrimaVida. Contamos com uma equipe competente na área odontológica, qualificada para lhe oferecer um atendimento personalizado em diversas áreas de atuação. Invista na sua saúde bucal.

Categorias
Higienização Bucal

O papel do flúor na saúde bucal

Saber o papel do flúor na saúde bucal e mantê-la em dia é essencial para quem quer ter um sorriso lindo e saudável.

Para ajudar prevenção de doenças orais, são elaborados materiais específicos contendo substâncias que protegem as estruturas dos nossos dentes e gengivas.

Grande parte desse material contém uma substância chamada “Flúor”. Você sabe qual é a sua atuação na região bucal?

O papel do flúor na saúde bucal
Fonte: Envato

O papel do flúor na saúde bucal

O flúor pode ser caracterizado como um elemento químico representado pelo símbolo “F” , com o número atômico 9 de massa atómica de 19 u. Na tabela periódica, situa-se no grupo dos halogênios anteriormente denominado VIIA.

Sua utilidade consiste em diversos atributos, mas os mais comuns são auxiliar na luta contra as cáries e fortalecendo o esmalte dos dentes.

Pasta de dente ideal para a escovação deve conter flúor
Fonte: Freepik

Por conta de toda a sua relevância no que tange a saúde bucal, o flúor pode ser encontrado em quase todos os materiais de higiene oral e em alguns alimentos, além da própria água que bebemos.

Além de reduzir a incidência de cárie na população, o flúor repara a cárie antes mesmo que a ela se torne perceptível. Por isso, o flúor é considerado um ótimo mineral no combate à cárie e à saúde dos dentes em geral.

Como o flúor atua?

Isso porque o flúor fortalece o esmalte dos dentes e evita que os mesmos sofram com a perda dos minerais causada pela ingestão de alimentos ácidos, refrigerante, frutas ácidas e vinagre.

É interessante citar que, quando os dentes ganham fortalecimento mineral, estes ficam mais resistentes a quebras, trincas ou desgastes.

Dicas para deixar os dentes mais brancos
Fonte: Envato

O flúor atua de maneira sistêmica quando relacionado aos dentes em desenvolvimento em bebês e crianças. Neste caso, ele é responsável por substituir certos cristais presentes no esmalte por outros mais resistentes à deterioração.

Onde o flúor está presente?

Topicamente falando, o flúor está presente em quase todos cremes dentais e atua na parte externa do dente no ato da escovação. Os tratamentos ainda podem ser administrados em consultório com seu dentista de confiança.

Além de alimentos, água e em materiais de saúde bucal, o flúor está presente na nossa saliva, que contém um nível baixo do mineral. A saliva leva o flúor em sua composição por conta do consumo de água, produtos e alimentos com flúor.

A água que bebemos tem flúor
Fonte: Envato

Mas temos que ter cuidados com o excesso de flúor, que poderá resultar em uma fluorose dentária. Este problema se caracteriza pela mudança de coloração do esmalte dos dentes, com o aparecimento de manchas brancas nas superfícies dos mesmos.

Para tratar este problema, os cirurgiões dentistas podem recomendar uma técnica de microabrasão de esmalte com produto químico. A quantidade mais recomendada para a escovação dos dentes é em média pelo menos três vezes por dia após as refeições.

Manter essa rotina ajuda muito na prevenção de cáries e de doenças periodontais. Vale ressaltar que alimentos, chás e a nossa água encanada também contém índices dessa substância.

O Flúor está presente nas pastas de dente
Fonte: Envato

Conte com um plano odontológico

Manter consultas de 6 em 6 meses ao seu dentista é essencial para fazer uma análise clínica da sua cavidade bucal.

Se você está precisando consultar e ter acesso à dentistas especializados, nós, da PrimaVida Dental, te damos essa oportunidade por meio dos nossos planos dentários.

Nossa empresa de planos odontológicos conta com profissionais especialistas em odontologia e com planos odontológicos especiais para servidores públicos, pessoas físicas e empresas.

Valorize sua saúde bucal, faça parte da PrimaVida.

Categorias
Saúde Bucal Higienização Bucal

Como ter uma gengiva mais saudável

O que você pensa quando se fala em saúde bucal? Se você é como a maioria das pessoas, provavelmente respondeu “dentes”. Afinal, é muito comum achar que os cuidados com a saúde bucal se resumem aos cuidados com a higiene dentária.

No entanto, a gengiva é uma parte da boca tão importante quanto os dentes, e manter a sua saúde é essencial para o bem-estar. Mesmo assim, muitas pessoas ainda não sabem como cuidar bem de suas gengivas.

Se esse é o seu caso, não se preocupe: Neste artigo, vamos explicar como ter uma gengiva mais saudável e dar algumas dicas que vão ajudar você a cuidar melhor das suas. Continue com a leitura para aprender mais sobre o assunto!

Como manter a gengiva mais saudável
Fonte: Envato

Descubra como ter uma gengiva mais saudável com essas dicas simples

A gengiva, assim como os dentes e a língua, é um dos elementos que compõem o ambiente da boca. Como tal, ela é importante para a sua saúde oral e para a aparência do seu sorriso.

Diante disso, é importante se perguntar: Como ter uma gengiva mais saudável? E, para ajudar você a responder essa pergunta, vamos apresentar algumas dicas para cuidar melhor dessa parte da sua boca. Confira!

Missão e Valores da PrimaVida

Evite usar palitos de dente

Palitos de dente são objetos de uso muito comum no Brasil. Algumas pessoas têm o hábito de palitar os dentes imediatamente após as refeições. 

Porque esse ato às vezes ajuda a retirar os vestígios de comida do meio dos dentes, muitos o confundem como um passo legítimo da higienização dental.

Mas essa impressão não poderia estar mais errada. Usar palitos de dente pode prejudicar a sua gengiva. Isso porque, como este é um tecido muito sensível, não é difícil machucar a gengiva com um palito, o que pode gerar feridas e até sangramento.

Sendo assim, para remover vestígios de comida entre os dentes, dê preferência ao fio dental.

Relevância do uso de fio dental
Fonte: Freepik

Escova os dentes com movimentos suaves

Às vezes as pessoas confundem movimentos agressivos ao escovar os dentes com uma escovação mais completa, que deixa a boca mais limpa. No entanto, a realidade é que a força com que você escova os dentes não melhora o nível da higienização.

Ao contrário: Escovar os dentes de forma muito agressiva pode ser prejudicial para a saúde da sua boca. Isso porque esses movimentos brutos podem afetar a gengiva, uma parte muito sensível do corpo.

O resultado pode ser ferimentos, sangramentos e até infecções gengivais a longo prazo. Desse modo, procure escovar os dentes com movimentos suaves, que removam os vestígios de sujeira da boca com delicadeza.

Escovação ideal dos dentes
Fonte: Envato

Pare de fumar

Fumar é um péssimo hábito que pode ter consequências gravíssimas para a saúde do seu corpo. Uma delas é o enfraquecimento do sistema imune, o que favorece o desenvolvimento de problemas de gengiva como, por exemplo, a gengivite (termo médico para a inflamação da gengiva).

Esse enfraquecimento também dificulta o tratamento desses problemas, o que faz com que eles possam gerar danos profundos ao seu organismo.

Tabagismo é totalmente prejudicial para a sua saúde
Fonte: Pexels

Vá ao dentista regularmente

Se você quer saber como ter uma gengiva mais saudável, o melhor caminho é formar uma boa relação com um dentista no qual você confie e que você visite com frequência.

Essas visitas regulares, que devem ocorrer de seis em seis meses ou pelo menos uma vez por ano, permitem que qualquer problema seja detectado em sua forma inicial, o que permite que o tratamento seja realizado de maneira mais rápida e efetiva.

Para estabelecer uma frequência de visitas saudável ao consultório dentário, o ideal é contar com uma empresa de plano odontológico, como a PrimaVida Dental.

Nós contamos com planos odontológicos para pessoas físicas, empresas e servidores públicos. E aí, quer saber mais? Então não perca tempo e visite o site para entrar em contato com a empresa!

Categorias
Higienização Bucal

5 dicas para deixar os dentes mais brancos

Um belo sorriso é uma parte fundamental para a aparência de qualquer pessoa. E ter dentes brancos pode ser um ponto muito positivo para a sua autoestima.

Sendo assim, por que não tomar os cuidados necessários para garantir que a sua arcada dentária esteja sempre limpa e brilhante?

Pensando nisso, neste artigo, vamos apresentar as 5 principais dicas para deixar os dentes mais brancos. Continue com a leitura para descobrir que dicas são essas!

Dicas para deixar os dentes mais brancos
Fonte: Pexels

Descubra quais são as 5 principais dicas para deixar os dentes mais brancos

Em primeiro lugar, é preciso pontuar que, embora dentes saudáveis tendam a ser brancos, não se deve ter expectativas irrealistas do seu sorriso.

Níveis extremos de brancura nos dentes só podem ser obtidos através de procedimentos estéticos específicos, tais como o clareamento dentário.

No entanto, isso não significa que os seus dentes precisam ser amarelados ou ter um aspecto sujo. Existem muitas formas de deixar os dentes mais brancos com atitudes do dia a dia. A seguir, então, vamos apresentar as 5 principais delas. Confira!

Dicas para deixar os dentes mais brancos
Fonte: Envato

Pare de fumar

O cigarro é muito prejudicial para a saúde como um todo, mas especialmente para a saúde bucal e para a aparência dos dentes. Ele libera substâncias com pigmentos escuros, o que contribui para o escurecimento dos dentes, deixando-os menos brancos.

A nicotina também diminui o fluxo salivar, o que afeta a hidratação dos dentes. Adicionalmente, os cigarros podem gerar o mau hálito.

Pare de fumar
Fonte: Envato

Evite alimentos escuros com frequência

Não é apenas o cigarro que tem a capacidade de escurecer os dentes. Alimentos altamente pigmentados, como o café ou o vinho, podem penetrar entre os cristais dentais, gerando manchas. Sendo assim, procure reduzir ao máximo o consumo desse tipo de alimento.

Dê preferência para alimentos com fibras

Além de contribuírem para o funcionamento do sistema digestório, alimentos com fibras ajudam a deixar os dentes mais brancos. Isso porque as fibras geram um atrito na superfície dos dentes que leva à uma forma de limpeza mecânica, contribuindo para a higienização e a remoção de vestígios de comida e sujeira.

Adicionalmente, as fibras estimulam a salivação, funcionando de forma oposta à nicotina. Dessa maneira, os dentes se mantêm hidratados e saudáveis.

Beba água com frequência ao longo do dia

Beber água é fundamental para a manutenção da saúde do corpo, e também pode contribuir para deixar os dentes mais brancos. Isso se deve, novamente, ao estímulo à produção de saliva na boca que a água proporciona. A saliva ajuda a equilibrar a acidez e a eliminar vestígios de sujeira dos dentes.

Beba água com frequência
Fonte: Envato

Escove os dentes após as refeições

Essa última dica pode parecer óbvia, mas muitas pessoas ainda cometem o erro de achar que escovar os dentes uma vez por dia é o suficiente, então é preciso ressaltar: A escovação deve acontecer após todas as refeições.

Isso influencia na brancura dos dentes porque, quando a higienização é feita no momento adequado e de forma correta, os pigmentos das comidas e as bactérias acumuladas não têm tempo para penetrar na estrutura do dente. O resultado, portanto, é um sorriso brilhante.

Escovação ideal dos dentes

Cuide melhor dos seus dentes com o auxílio de um plano odontológico

Agora que você já sabe quais são as 5 principais dicas para deixar os dentes mais brancos, é hora de dar outros passos para cuidar ainda mais da sua saúde bucal. E, para isso, é fundamental poder contar com uma empresa de planos odontológicos.

A PrimaVida Dental, por exemplo, é uma ótima opção para ajudar você a ter acesso aos tratamentos dentários mais diversos, garantindo sempre a sua saúde e o seu bem-estar com planos individuais, empresariais e para servidores públicos.

E aí, quer saber mais? Então entre em contato com a empresa através do site!

Categorias
Higienização Bucal

4 hábitos que prejudicam a sua saúde bucal

A saúde bucal é fundamental para o bem-estar e para a saúde do corpo como um todo. Além de afetar os dentes esteticamente, o que pode afetar a autoestima, a saúde da boca pode ser determinante para a mastigação dos alimentos, afetando no funcionamento do sistema digestório.

Sendo assim, é importante cuidar bem da sua boca e dos seus dentes. Mas você sabia que há hábitos que prejudicam a sua saúde bucal? Se você estiver fazendo alguma dessas coisas regularmente, escovar os dentes não será o bastante para evitar problemas.

Como escovar os dentes da forma correta
Fonte: Freepik

Por isso, neste artigo, vamos apresentar os 4 hábitos que você deve evitar para melhorar a sua saúde bucal. Continue com a leitura para descobrir que hábitos são esses!

Conheça os 4 hábitos que prejudicam a sua saúde bucal

Quando o assunto é a saúde bucal, muitas pessoas julgam que sabem o que fazer para cuidar dela. Afinal, basta escovar os dentes após as refeições, certo? Errado!

Embora a escovação regular dos dentes após as refeições seja um elemento de uma rotina bucal saudável, ela não é tudo que é necessário para manter a saúde dos seus dentes e da sua boca. E existem muitos hábitos comuns que podem gerar problemas graves de saúde bucal.

A vida últi da escovas de dente
Fonte: Envato

Não sabe que hábitos são esses? A seguir, vamos citar os principais deles. Confira!

Fumar

O tabagismo é extremamente prejudicial para a saúde. Mas não é só os seus pulmões que ele prejudica: A saúde bucal também pode ser danificada pelo consumo de cigarros. 

Em primeiro lugar, eles trazem um aspecto amarelado desagradável aos dentes. Mas, além disso, o tabagismo também pode gerar inflamações gengivais e doenças periodontais.

Tabagismo é totalmente prejudicial para a sua saúde
Fonte: Pexels

Finalmente, é um fator que pode contribuir para a geração de câncer na boca. Trata-se, portanto, de um vício que deve ser evitado ao máximo.

Passar longos períodos de jejum

Algumas pessoas têm o hábito de passar longos períodos de jejum, seja por alguma dieta específica ou por simplesmente não terem o hábito de fazer três refeições completas por dia. No entanto, especialistas alertam que isso pode ser prejudicial para a saúde bucal.

Isso porque, quando o corpo passa muito tempo sem consumir nenhum alimento, ele libera ácidos graxos. Esses ácidos não são bons para a saúde da boca e podem contribuir para o mau hálito. Assim, procure comer regularmente ao longo do dia, de três em três horas.

Roer as unhas

Roer as unhas é um hábito nervoso muito comum. Porém, ele pode ser péssimo para a saúde, pois há muitas bactérias e germes que se localizam na sujeira acumulada embaixo das unhas. Desse modo, quando você rói as unhas, está levando todos esses organismos perigosos para a boca.

Roer as unhas está entre os hábitos que prejudicam a sua saúde bucal
Fonte: Pexels

Passar longos períodos de tempo sem ir ao dentista

Muitas pessoas cometem o engano de achar que só é necessário ir ao dentista em casos de emergência. Na verdade, o ideal é ir pelo menos de três em três meses, para fazer inspeções de rotina.

Dessa maneira, é possível evitar problemas graves de saúde bucal, pois é mais fácil detectar riscos logo no início, eliminando rapidamente possíveis ameaças à boca e aos dentes.

Plano Odontológico Empresarial com a PrimaVida

Cuide da sua saúde bucal com a PrimaVida

Agora que você já conhece os principais hábitos que prejudicam a sua saúde bucal, é hora de dar prosseguimento no cuidado com os dentes e a sua boca. E uma boa forma de fazer isso é com um plano odontológico oferecido por uma empresa qualificada e confiável.

A PrimaVida Dental é uma ótima escolha, contando com uma Central de Atendimento personalizada que providencia atendimento exclusivo por Whatsapp para os beneficiários da OABRJ.

A empresa também oferece planos odontológicos especiais para pessoas físicas, servidores públicos e empresas. E aí, quer saber mais? Então entre em contato com a empresa através do site!

Categorias
Higienização Bucal

Entenda os motivos de usar fio dental após escovar os dentes

Para cuidar bem da sua saúde bucal, é fundamental higienizar os dentes regularmente. Mas isso não significa apenas escová-los, o fio dental é um elemento na rotina de higienização dentária tão importante quanto a escova e o creme dental. Por isso, é importante saber os motivos de usar fio dental.

Mesmo assim, muitas pessoas ainda ignoram a necessidade de seu uso. É nesse ponto que surge a questão: Por que usar o fio dental na hora de escovar os dentes?

Uso de fio dental após a escovação

Se você não sabe qual é a resposta para essa pergunta, não se preocupe. Neste artigo, vamos explicar tudo que você precisa saber sobre a importância do fio dental para a higiene bucal. Continue com a leitura para saber mais sobre o assunto!

Entenda os motivos de usar fio dental após escovar os dentes

A maioria das pessoas entende que cuidar dos dentes e da saúde bucal é muito importante. Afinal, além de afetar a aparência e a autoestima, a saúde bucal é crucial para o funcionamento do sistema digestório, e, portanto, para a saúde do corpo como um todo. 

Por conta disso, todo mundo sabe que é necessário escovar os dentes. Mas muita gente ainda comete o erro de achar que o fio dental é um acessório dispensável, não tão importante quanto a escovação em si.

Na verdade, a escovação dos dentes e o uso do fio dental são complementares na hora da higienização da boca. Em outras palavras, um se torna menos eficiente sem o outro.

Higienização bucal com fio dental
Fonte: Freepik

Mas por que isso? Bem, o papel do fio dental na higienização bucal é realizar a limpeza que a escova de dentes não consegue fazer. Isso porque, mesmo depois de escovar os dentes com cuidado, muitos restos de comida ainda ficam entre os dentes, nos locais que a escova não alcança.

Esses restos podem se acumular, favorecendo a proliferação de bactérias e gerando cáries.

O fio dental é o responsável pela remoção desses restos de alimentos, pois ele pode realizar a limpeza nos espaços entre os dentes nos quais a escova não consegue mexer.

Com isso, além de dificultar a formação de cáries e da placa bacteriana, o fio dental ainda evita inflamações gengivais e o mau hálito, problemas de saúde bucal gerados pela má higienização da boca.

Relevância do uso de fio dental
Fonte: Freepik

Como usar o fio dental

Não basta saber o motivo de usar o fio dental na hora de escovar os dentes. Também é necessário saber como usá-lo da forma correta.

O ideal, para usar o fio dental, é enrolar em torno de 40 centímetros de fio nos dedos médios, deixando aproximadamente dez centímetros entre os dedos.

Depois, deslize o fio com cuidado nos espaços entre os dentes, fazendo um formato de “C”. Mas atenção: faça esse movimento com suavidade, para evitar ferimentos na gengiva.

Continue usando o fio dental
Fonte: Envato

Conforme você for passando pelos dentes, use novas partes do fio. Nunca force o fio dental contra a gengiva, pois essa é uma parte muito sensível da boca.

Finalmente, basta remover o fio do espaço entre os dentes de forma cuidadosa e jogar o fio dental usado fora. Faça isso sempre que escovar os dentes, imediatamente após a escovação.

Cuide melhor da saúde dos seus dentes com a PrimaVida

Agora que você já sabe porque usar o fio dental na hora de escovar os dentes e como usar o fio dental corretamente, é hora de tomar medidas práticas para melhorar os seus cuidados dentais.

Para fazer isso, o melhor é contar com uma empresa de plano odontológico confiável e qualificada. A PrimaVida Dental, por exemplo, é uma ótima opção para ajudar você a cuidar melhor da sua saúde bucal.

Motivos de usar fio dental
Fonte: Freepik

Temos serviços especiais para você e para a sua empresa. Nossa empresa também oferece planos odontológicos para servidores públicos.

E aí, quer saber mais? Então entre em contato com a empresa através do site!

Categorias
Higienização Bucal

Como escovar os dentes da forma correta

Escovar os dentes da forma correta é fundamental para garantir, não apenas a boa aparência dos mesmos, mas também a saúde da boca como um todo.

No entanto, mesmo que você esteja escovando os seus dentes com a frequência adequada, é possível que a sua limpeza não esteja sendo tão completa quanto poderia ser.

Escove os dentes após as refeições
Fonte: Envato

A maioria das pessoas realiza suas escovações diárias de maneira muito displicente, o que pode diminuir a eficiência do procedimento. Por isso, neste artigo, vamos explicar como escovar os dentes da forma correta. Continue com a leitura para saber mais sobre o assunto!

Entenda como escovar os dentes da forma correta com essas dicas

Em primeiro lugar, é preciso estabelecer qual é a frequência ideal para escovar os dentes todos os dias. Muitas pessoas cometem o erro de achar que só precisam escovar os dentes uma vez, seja ao acordar ou antes de dormir.

Na verdade, o ideal é escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia. A escovação deve ocorrer sempre após as refeições, para evitar o acúmulo de restos de comida entre os dentes, o que favorece a proliferação de cáries dentárias.

Escovar a língua também é fundamental
Fonte: Envato

Depois disso, é necessário garantir que você está escovando os dentes com os instrumentos adequados. Então comece respondendo à essa pergunta: Há quanto tempo você tem a mesma escova de dentes?

Se você precisar pensar muito para responder, é hora de trocar por uma nova. Isso porque a escova de dentes deve ser trocada de três em três meses, quando ela se torna desgastada e menos eficiente.

Também é fundamental atentar para o creme dental usado na escovação. Uma boa ideia é pedir uma recomendação para um dentista para escolher o melhor produto para você.

Como escovar os dentes da forma correta
Fonte: Freepik

Mas, se tiver que escolher por conta própria, garanta pelo menos que o creme escolhido contenha flúor, substância crucial para a higienização dos dentes.

O próximo passo é prestar atenção na escovação em si. É muito comum cometer o erro de achar que escovar com força ajuda na limpeza bucal.

Na verdade, movimentos agressivos podem danificar os dentes e gerar problemas na gengiva. Procure, então, dar preferência a movimentos suaves. Percorra toda a superfície da boca com pouca pressão, fazendo movimentos para frente e para trás.

Um ponto importante que muitas pessoas ignoram é a escovação da língua. Afinal, a boca não é composta apenas pelos dentes, e, portanto, estes não são os únicos locais onde as bactérias podem se proliferar.

A falta de limpeza da língua favorece o mau hálito e o desenvolvimento de enfermidades bucais. Sendo assim, não se esqueça de escovar a língua quando estiver escovando os dentes, sempre seguindo o padrão de movimentos suaves.

Escovação ideal dos dentes
Fonte: Envato

Depois de escovar os dentes, o ideal é dar prosseguimento à limpeza com o uso do fio dental. O fio dental é muito importante para capturar as sujeiras que escapam à escova. Para usá-lo, posicione-o entre os dedos e mova-o em formato de “C” entre os dentes.

Finalmente, depois de terminar de usar o fio dental, enxágue a boca com água para eliminar qualquer resíduo que tenha se soltado.

Cuide melhor dos seus dentes com a ajuda da PrimaVida

Agora que você já sabe como escovar os dentes da forma correta, é hora de garantir um tratamento dentário eficiente para você sempre que for necessário. E isso só pode ser feito com a ajuda de uma empresa de plano odontológico.

A PrimaVida Dental é uma empresa que tem opções de planos preparadas para ajudar você. Contando com uma Central de Atendimento personalizada, a PrimaVida pode auxiliar você no que for preciso para cuidar melhor dos seus dentes.

Além disso, oferecemos planos odontológicos para servidores públicos e para a sua empresa.

E aí, quer saber mais? Então entre em contato com a empresa através do site!

Categorias
Higienização Bucal

Quando substituir a escova de dentes?

Que a escova de dentes é um instrumento essencial para manter a sua saúde bucal em alta, você já sabe. Mas o que acontece quando essa ferramenta não está mais cumprindo o papel desejado? E como saber quando é esse momento?

Em outras palavras: Quando substituir a escova de dentes? Se você não sabe qual é a resposta para essa pergunta, não se preocupe.

Quando trocar a escova de dentes?
Fonte: Envato

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre o assunto para que você possa saber melhor qual é o momento de comprar uma escova de dentes nova. Continue com a leitura!

Entenda quando substituir a escova de dentes

A principal função da escova de dentes é evitar o acúmulo de sujeiras na boca. Isso porque, após as refeições, há muitos vestígios de comida que ficam entre os dentes e que podem proporcionar a proliferação de bactérias.

Se não forem devidamente removidas, essas bactérias podem resultar em cáries, gerando graves problemas de saúde bucal, que às vezes podem até terminar na perda de dentes.

O uso devido da escova de dentes, no entanto, evita esse cenário. Ela deve ser usada com cuidado e delicadeza, sem agredir os dentes ou a gengiva, sempre após as refeições.

Escova de dente ideal
Fonte: Freepik

Contudo, uma escova de dentes não dura para sempre. Na verdade, como outros objetos, ela se desgasta com o tempo. O resultado é que ela acaba se tornando menos eficiente, o que torna a limpeza dos dentes cada vez mais difícil.

Por conta disso, é importante trocar a escova de dentes antiga por uma nova com uma certa regularidade. Afinal, uma escova de dentes que já está desgastada não limpa os dentes da mesma forma que uma nova, o que aumenta o risco do desenvolvimento de cáries.

Mas quando é necessário substituir a sua escova de dentes? Existe uma frequência ideal, com um intervalo de tempo específico?

Dentista - Contato PrimaVida
Fonte: Envato

A recomendação de especialistas é trocar a escova de dentes de três em três meses. Isso porque, com o uso regular, esse normalmente é o tempo que leva para que as cerdas da escova comecem a ficar desgastadas, o que as torna menos eficientes para a limpeza dental.

Além disso, após esse período de tempo, bactérias podem proliferar na própria escova, tornando o seu uso anti-higiênico e prejudicial para a saúde dos dentes e da boca.

Sendo assim, é preciso prestar atenção ao estado da sua escova de dentes para saber quando é hora de substituí-la. Uma boa ideia é marcar no calendário quando você começar a usar uma escova de dentes nova. Dessa maneira, quando tiverem se passado três meses, você vai ter uma data exata para substituir essa escova.

A vida últi da escovas de dente
Fonte: Envato

Outra possibilidade é optar por um modelo de escova de dentes que evidencie esse desgaste de outras formas. Por exemplo, existem alguns modelos de escova que têm marcações nas cerdas, gerando uma mudança de cor conforme elas vão se desgastando. Assim, é visualmente perceptível quando está na hora de comprar uma escova de dentes nova.

Cuide melhor da sua saúde bucal com a ajuda da PrimaVida

Agora que você já sabe quando é necessário substituir a sua escova de dentes, é preciso prestar atenção também nos outros cuidados que você deve ter com a sua saúde bucal.

Para cuidar melhor da sua boca e dos seus dentes, não há opção melhor do que um plano odontológico, que pode ser obtido com empresas de alta qualidade, como, por exemplo, a PrimaVida Dental.

A PrimaVida é uma empresa de planos odontológicos que está preparada para ajudar você a manter a sua saúde bucal. Nós também oferecemos planos especiais para empresas, pessoas físicas e servidores públicos.

E aí, quer saber mais? Então entre em contato com a empresa através do site!